FacebookPixel
Notícias
O que precisa de saber sobre o mercado imobiliário
Notícias
voltar \ Casa em segurança nas férias: dicas fundamentais para evitar assaltos

Casa em segurança nas férias: dicas fundamentais para evitar assaltos

26 jul 2020
Casa em segurança nas férias: dicas fundamentais para evitar assaltos
Desde medidas simples e baratas, até à instalação de câmaras de vigilância há um conjunto de procedimentos para evitar más surpresas.
O número de assaltos dispara, tendencialmente, no verão com muitas das casas desocupadas e os residentes fora de férias. Assim, nunca é demais recordar que há medidas que devem ser seguidas antes de partir, para manter a casa em segurança e evitar visitas indesejadas. Apresentamos-te um guia que deves seguir.

Estamos a preparar as férias e estamos preocupados com a segurança da nossa casa. Temos ouvido notícias de assaltos aqui na zona, inclusivamente nos prédios vizinhos. Pensei falar em reunião de condomínio sobre a instalação de um sistemas de alarme com câmaras, mas a videovigilância tem regras. Que conselhos práticos nos podem indicar sobre este assunto?

 

A vossa preocupação tem fundamento, pois o número de assaltos a casas fechadas durante o período do verão é sempre assustador e, por vezes, nem a presença de porteiro no edifício e, ou, a vigilância policial são suficientes.
 

Começamos por apresentar-te ideias “caseiras, ou seja, sem entrar ainda no tema dos alarmes e sistemas de vigilância. Prevenir os perigos passa também por hábitos como fechar a porta e janelas, trancando todas as entradas, e dar a sensação de manter a casa habitada. É sempre importante criar a ideia de movimento em casa. Podes pedir a um vizinho para abrir e fechar estores ou cortinas e luzes e esvaziar a caixa do correio.
 

Comprares uma boa fechadura para a porta de entrada é também uma medida importante e tal não significa um custo muito elevado. As fechaduras de segurança de sobrepor duas trancas são muito utilizadas, por quem quer manter a porta original e procura apenas mudar a fechadura velha.
 

Não deixes mensagem no correio de voz do telefone a informar que estás fora e evita, cada vez mais, divulgá-lo nas redes sociais.

 

No caso específico dos prédios é essencial que o condomínio defina regras como manter as portas de entrada fechadas e não abrir a porta a estranhos. Uma boa iluminação do edifício é fundamental, sobretudo junto das entradas e no acesso à garagem.
 

Instalação de videovigilância no condomínio está permitida?


Este procedimento só poderá acontecer com unanimidade de condóminos e arrendatários. Esta aprovação é mesmo obrigatória e o consentimento pode ser obtido individualmente, por escrito, ou em assembleia. Mas se alguém mudar de ideias, o sistema tem de ser retirado
 

A recolha de imagens 24 horas por dia pode provocar conflitos entre os moradores. Por isso, a lei impõe o equilíbrio entre a finalidade e os direitos postos em causa. Exemplificando, num condomínio as câmaras devem apenas abranger os espaços comuns, evitando sempre as portas de entrada das frações, os terraços ou as varandas de uso exclusivo de cada condómino.
 

Não é necessária a autorização prévia da Comissão Nacional de Proteção de Dados para se instalar este sistema no prédio.


Fonte: Idealista, 21 julho 2020, 5:45


Veja Também