FacebookPixel
Notícias
O que precisa de saber sobre o mercado imobiliário
Notícias
voltar \ Truques para entender a fatura da luz e... controlar e baixar os consumos de energia

Truques para entender a fatura da luz e... controlar e baixar os consumos de energia

14 out 2020
Truques para entender a fatura da luz e... controlar e baixar os consumos de energia
Além do valor a pagar, há outros valores e informações que importa ter em conta para conseguir reduzir a fatura, avisa a Deco.

As despesas com a fatura de eletricidade são muito elevadas para muitos portugueses, e terão aumentado bruscamente com a pandemia da Covid-19, já que muitas pessoas passam muito mais tempo em casa. Neste artigo, preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news, damos-te alguns conselhos que podem ajudar a baixar a fatura, bem como a perceber e/ou compreender melhor o conteúdo da mesma. 
 

Sempre que recebo a minha fatura de eletricidade tento perceber o que lá vem descrito, mas sem sucesso. Na verdade, consigo entender pouco mais do que o valor a pagar. Gostava mesmo de compreender melhor o conteúdo dessa fatura, até para conseguir poupar mais. Podem ajudar-me? 

 

A Deco com o projeto ACT4ECO pode ajudar. O que a fatura nos diz é fundamental para, como referes, conseguir controlar e baixar os consumos e reduzir o valor que pagas. Mas além do valor a pagar, há outros valores e também informações que é importante prestar atenção para conseguir reduzir a fatura de energia. 
 

Em Portugal existem diversos comercializadores de energia e cada um tem o seu próprio modelo de fatura, apesar de existir um conjunto de informações obrigatórias, como os consumos estimados e reais, as tarifas, a origem da energia, entre outras. Mas basta olhar para a fatura de eletricidade para perceber que a sua leitura pode ser um bicho-de-sete-cabeças! 
 

Vamos dar-te algumas luzes para fazeres uma leitura mais esclarecida da fatura e, assim, teres um comportamento mais eficiente:
 

  • Verifica sempre e compara as faturas mensais de eletricidade;
  •  
  • Confirma no teu contador a quantidade de energia consumida durante o período de faturação;
  •  
  • Avalia se houve circunstâncias invulgares que exigiram um maior consumo de eletricidade (por exemplo, lavaste mais roupa do que o normal, cozinhaste mais vezes?);
  •  
  • Se possível, compara a fatura atual com a do ano passado referente ao mesmo período.
  •  

Na plataforma ACT4ECO podes encontrar mais informação útil sobre a fatura de eletricidade e vais perceber que a poupança é possível se compreenderes a fatura e também se agires de forma a reduzir os consumos.
 

Depois deste trabalho de observação e avaliação, pondera bem sobre os hábitos de consumo de energia do teu agregado e se há vontade de fazer algumas mudanças que podem baixar o valor da fatura. 
 

As alterações de que falamos estão relacionadas com pequenos gestos que em nada retiram conforto, mas que fazem toda a diferença na eficiência energética da casa. Verifica alguns exemplos:
 

  • Sempre que possível, colocar lâmpadas LED nos vários pontos de luz;
  •  
  • Reduzir um ciclo de lavagem de roupa por semana;
  •  
  • Reduzir um ciclo de lavagem de loiça por semana;
  •  
  • Desligar a televisão e outros equipamentos sempre que não estiverem a ser utilizados.
  •  

Simples? Sem dúvida! Sê um consumidor consciente e não desperdices energia!

Fonte: Idealista, 12 outubro 2020, 5:07

Veja Também